Sexta-feira, 08 de Novembro de 2013

Para se ter uma boa visão de quem somos – muita gente acredita que somos os homo shopping – é muito bom volver os olhos para o passado. Ao invés de pensarmos em termos da idade humana, 80 anos, façamos um esforço para visualizarmos a idade da Terra: 4,5 bilhões de anos. O homem moderno para estudar todo este vasto tempo dividiu a história de nosso planeta em 4 Éons: equivalem a infância, adolescência, idade adulta e a senilidade. Cada uma dessas fases foi dividida em Eras e subdivididas em Períodos.

Um dia desses, querendo conhecer uma plantinha que vejo crescer em rachaduras de calçadas vim a conhecer as plantas angiospermas, as mais comuns em nosso planeta desde que nós, os humanos, aparecemos na Terra – ou fomos criados ou evoluímos, fica ao critério da sua crença.

- O que são as angiospermas, Zé?

São as plantas com flores e frutos. Antes delas existiram – ou foram criadas ou evoluíram, etc e tal – as gimnospermas, nas quais as sementes não ficam dentro de um fruto, como os pinhões. Descobri que as plantas que nos dão goiabas, tangerinas, maçãs, etc. começaram a aparecer nas camadas geológicas, que eram a superfície do planeta já na sua terceira idade. Começaram a aparecer num Período chamado Cretáceo Inferior e num Estágio denominado Barremiano, isto há 125 milhões de anos. Quando os dinossauros dominavam a Terra e os mamíferos, nos quais os humanos se incluem, eram muitos simples, meros ratos – mais ratos ainda não existiam.

- Como é que plantas começaram a produzir flores e frutos?

(foto tirada no sítio do amigo Nilson, em Valença, quando fomos lá pedalar e renovar a amizade)

Há os que entendem que necessidades inerentes aos seres vivos foram provocando modificações, adaptações e fixações. Outros acreditam com firmeza, como o mecânico João, presbiteriano convicto, que com as mãos sujas de graxa, na porta da oficina muito simples, na Beira Rio, disse-me olhando nos meus olhos: Deus fez o homem do pó da terra e a mulher tirou da costela dele. Neste caso, o amigo João que falou de como Deus lhe deu o dom de curar pessoas, diria: mas é evidente que foi Deus que fez a melancia e a pera, a jabuticaba e a graviola; sim, foi o Pai que fez as plantas que dão flores e frutos!

Mas temos uma terceira via: entender que Deus supervisionou a evolução das plantas porque já tendo em mente chegar aos homens, via logo que não se podia viver de nozes e castanhas.



publicado por joseadal às 00:54
mais sobre mim
Novembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
15
16

18
19
20
22
23

25
27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO