Quinta-feira, 24 de Março de 2011

O homem primitivo tinha razão em adorar o deus Sol. Leia o que U. Colombo, cientista italiano, diz no livro Energia, História e Cenário:

"A energia solar interceptada por nosso planeta a cada segundo é de 1,75 x 10¹¹. Trata-se de uma quantidade de energia mais de 10.000 vezes superior a que homem produz em 1 ano. Ela é suficiente, levando em consideração o efeito estufa natural da atmosfera, para manter a temperatura média na superfície do planeta em torno dos 15º. Sem ela e só com o calor geológico do interior da Terra, a temperatura ficaria em -243º".

A vida no planeta depende do Sol e foi graças a ele que os elementos minerais formaram os seres vivos:

"O primeiro degrau decisivo da biogênese foi a síntese natural da clorofila, uma molécula orgânica complexa que contém magnézio que possui a propriedade de transformar energia solar em energia química que, dos elementos, forma carboidratos e celulose e ao mesmo tempo liberar oxigênio molecular".

Todo o resto, inclusive a raça humana é um feito da energia de nossa estrela. Mas ainda há espaço para cremos que houve um planejador de toda esta obra, inclusive do Sol, estrela de quinta grandeza de luminozidade, de tamanho pequeno e já de segunda geração. Quer dizer, o nosso

 

Sol é filho de um Sol muito antigo. Durma-se com uma grandiosidade dessa!        


tags:

publicado por joseadal às 00:48
mais sobre mim
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10

13
14
18
19

20
21
23
25
26

28
30


pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO