Sábado, 09 de Abril de 2011

Em vários liros que li não encontrei relação alguma entre estas duas ordens religiosas, mas tinha a intuição de que existia um ponto em comum. Aqui está ele, no livro As Cruzadas - a Caminho de Jerusalém, de Jan Guillou:

"Os cavaleiros templários tinham a mesma origem religiosa da ordem cisterciense. Foi Bernardo de Clairvaux que escreveu as regras para os templários. Inicialmente, esta ordem foi pensada como uma espécie de força policial religiosa para defender os peregrinos cristãos, principalmente nos caminhos entre Jerusalém e o rio Jordão. Isso porque, irritantemente, os grupos de assaltantes árabes achavam a constante corrente de peregrinos se dirigindo para tomar banho no Jordão como muito fácil e compensadora para roubar. Mas a idéia de monges guerreiros que, a princípio, deve ter sido considerada como um paradoxo, se espalhou rapidamente para longe da Terra Santa e muitos dos melhores cavaleiros da Europa se sentiram chamados. Mas poucos foram os escolhidos. Apenas os melhores e aqueles que, religiosamente, eram os mais sérios tiveram a chance de serem aceitos como irmãos da ordem. Com os templários formou-se a melhor força de cavalaria com lança e espada jamais reunida na Terra Santa. E, também, em qualquer outra terra, no mundo. Os cavaleiros das vestes e escudos brancos com a cruz vermelha bem visível, eram agora a única esperança do reino de Jerusalém".

Isto foi no século 12, tempo em que a Igreja de Cristo já havia passado pela fase da perseguição e martírio, depois foi a religião oficial do império Romano, mais tarde converteu os reis bárbaros e nessa época começava a pleitear a condição de Senhora das Nações, um reino temporal com exército e poder supremo. Muitos sacerdotes e frades compartilhavam a idéia de que um padre precisava ser também um soldado. Era um tempo de total insegurança.

A Companhia de Jesus fundada pelo basco Inácio de Loyola, os jesuítas, foram um remanescente desta maneira de pensar o dever cristão. Não escarneça, estes soldados irmãos pois eram também "os mais sérios religiosos". Tudo tem seu tempo certo.



publicado por joseadal às 17:04
mais sobre mim
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
19
23

24
26
27
29
30


pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO