Quinta-feira, 21 de Abril de 2011

Como foi a agenda de Jesus nesta semana há quase dois mil anos?

5ª feira pela manhã. Jesus incumbe Pedro de encontrar uma sala e organizar a ceia com pães, vinho, hortaliças e um carneiro. Quando o sol se pôs por trás dos muros de Jerusalém (começava a 6ª feira para os judeus) ele chegou com os apóstolos para páscoa. Durante a refeição ele dispensou Judas para preparar o combinado para seu sacrifício e deu aos outros apóstolos as instruções definitivas para a obra que deve continuar na Terra. A lua cheia está alta no céu quando sai da cidade com eles e sobem a colina do Jardim das Oliveiras, um parque público. Ele precisa ficar só e alerta e ora intensamente fortalecendo-se para os tormentos que vai enfrentar. Os apóstolos dormem. Passa a meia noite.

6ª feira de madrugada. Judas sabendo onde ele estava chega com os soldados e o entrega. Começa a tragédia. Os humanos maltratam sem piedade aquele que idealizou a raça humana e orientou nossa criação. Jesus é levado a presença dos líderes religioso judeus. É destratado, cospem-lhe no rosto e o esbofeteiam. Os galos cantam para o raiar do dia e Pedro se dá conta que por três vezes negou que o conhecia. Judas se enforca. Jesus é incluído às pressas no ritual da páscoa em que o interventor romano, Pôncio Pilatos, soltava um preso. Mas ninguém pede por Jesus e ele é condenado à morte naquele mesmo dia. Nunca houve um julgamento tão rápido e tão sumário. Quem ensinava amor e paciência é chicoteado, sofre maus tratos e é espetado com espinhos. Enquanto as lojas são preparadas para fechar ele passa pelas vielas com sua cruz pesada. Jesus carrega o instrumento de sua morte. Sobe a ladeira do Gólgota, é pregado e sofre um suplício que mistura dor atroz com asfixia. Dá o último suspiro enquanto o sol, depois de um eclipse, desaparece por trás dos morros. Começa o sábado de descanso para os judeus. Jesus é sepultado por discípulos judeus enquanto os apóstolos estão fugidos. Os guardas da cidade anunciam a meia-noite.

Sábado de madrugada. O mundo continua seu cotidiano, a noite avança, e parece muito triste. Fora da Terra seres observam espectantes o grande Senhor dos mundos no hades. O sol nasce e o dia transcorre até que anoitece. Começa uma nova semana para os judeus. Passam as horas na noite enluarada. Novamente os sentinelas anunciam a meia-noite.

Domingo de madruga. Jesus ressuscita, mas ainda vai ficar preso ao mundo de matéria por mais 40 dias. As criaturas em um outro mundo se regozijam por ele estar ativo, de posse de toda sua potência e porque nenhuma força, humana ou espiritual, pode mais lhe infringir mal. A luz clara do dia deixa ver duas mulheres se aproximando do sepulcro. O resto você já sabe, é lenda, é fé e é sagrado.



publicado por joseadal às 03:01
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
19
23

24
26
27
29
30


pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO