Terça-feira, 24 de Maio de 2011

Quando os Beatles formaram a banda, em 1962, com o quarteto que ficou famoso, aconteceu um fenômeno que em Física se chama força centrífuga. O livro Grupos Criativos descreve assim: "A capacidade criativa de um grupo depende de um tipo de espiral interativa que nele se arma. No interior da equipe há uma dinâmica que não é linear de estímulo e resposta, mas uma lógica circular onde cada um reage não a um único esforço, mas uma complexa relação interativa".

Durante nossa vida participamos de diversos grupos, equipes e associações, porém o conjunto mais importante, aquele que vai perpetuar nossa linhagem ancestral, é nossa família. Então, é preciso nos perguntarmos: será que estou fazendo o melhor, não, será que estou dando o máximo de mim para que a equipe lá de casa seja muito boa, a melhor?

Porém, por melhor que trabalhemos como técnico e lider do conjunto da nossa família não conseguiremos impedir a ação de outra força da natureza, a centrípeta.

Os geniais rapazes de Liverpool em poucos anos conquistaram mentes e corações no mundo todo. Com a energia centrífuga revolvendo entre eles (como frutas num liquidificador) as capacidades de cada um, produziram músicas fantásticas. Porém, de alguma forma a energia em cada um deles começou a separá-los numa ação centrípeta (de arremessar para fora como um ventilador) e, em 1970, anunciaram que os Beatles não existiam mais. Cada músico foi cuidar de sua carreira solo.

Infelizmente, quando saírmos dessa vida, nossos filhos se encontrarão cada vez menos e nossos netos, os primos que brincavam juntos com tanta afeição, quase nunca mais se verão. Sei que minha família vai se desmanchar tal qual uma equipe campeã em um ano desmantela o time todo no ano seguinte. Então é tratar de treiná-los bem para que sejam campeões da paz e sempre felizes por onde quer que forem.      


tags:

publicado por joseadal às 23:58
As relações em família são as mais difíceis de enfrentar. Precisamos muito da força centrífuga para manter-nos unidos. Especialmente no que diz respeito aos filhos. FILHOS! Como é difícil mantê-los com esta força centrífuga...
vanice a 27 de Maio de 2011 às 21:03

mais sobre mim
Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
17
18
20
21

22
23
25
27

29
30
31


pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO