Segunda-feira, 27 de Junho de 2011

Olhe a sua volta, o mundo está mudando. O livro Rompendo as Barreiras da Administração, de Tom Peters, prevê que a grande população aliada a muita informação vai criar objetos cada vez mais complexos previlegiando o virtual, a energia, a leveza e o pensamento.

E diz: "A grande empresa tecnocrática acabou, está superada. As novas perspectivas não devem ser procuradas nas grandes companhias, mas no que é desarticulado e flutuante. É necessário fundir as funções empresariais e eliminar os limites. Grupos de trabalho autogerenciados e em contato direto com o mercado, com os clientes, vão desenvolver a inteligência e o conhecimento como produtos cada vez mais consumidos do que bens materiais. Hoje, quem tem sorte de dominar a informação executa atividades mais agradáveis e são muito bem remunerados, com mais estabilidade e melhor carreira". 

Então o segredo é trabalhar no que se gosta ou buscar um novo caminho por meio de um conhecimento que previlegie a boa convivência humana. Buscando ordenar o tempo para o que nos conforte e eleve vencemos o mundo. Isto, afinal, é o que sempre teve valor e é o que fica.                



publicado por joseadal às 23:22
Concordo. O negócio é fazer o que se gosta. "Quem ama o que faz, nunca trabalhou na vida" (Confúcio). Se você ama o seu trabalho, você é bom no que faz, se interessa em aprender sempre mais e, neste caso, dinheiro é consequência. Por isso sempre disse às minhas filhas e a todo jovem a quem me dirijo para falar sobre profissão: "escolha o que você gosta de fazer". Eu, por exemplo, amo o Direito.
vanice a 28 de Junho de 2011 às 12:26

mais sobre mim
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
28
29


pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO