Quinta-feira, 07 de Abril de 2011

Isto não lhe diz respeito mas te conto porque acho magnífico por ser grandioso tanto no tempo quanto no espaço. Do documento de Geologia, Evolução Tectônica da Bacia do rio São Francisco, do professor Marcelo S Marinho:

"O primeiro evento tectônico que atuou na formação da bacia do rio São Francisco, aconteceu há cerca de 1300Ma (um bilhão e trezentos milhões de anos). Foi um evento distensivo que fragmentou o supercontinente Rodínia, provocando a abertura de dois riftes, que vieram a formar duas bacias".

Você ouviu falar que os continentes já foram unidos e se separaram, isto começou há uns 250 milhões de  anos. Este supercontinente foi batizado de Pangéia. Mas vou te contar outra coisa. Este evento de separar e juntar aconteceu pelo menos oito vezes. Onde vivemos agora, no Estado do Rio de Janeiro, aconteceu um evento distensivo há 60 milhões de anos quando se rompeu a crosta separando-nos da África. Foi um abalo tão forte que formou a linda serra do Mar cujas montanhas se vêem ao longe e pelas quais andamos de bicicleta.

Já a fratura que propiciou se formar o rio São Francisco foi causada por outro rompimento, o do supercontinente Rodínia muito tempo antes. Quando a superfície da Terra se esgarça parece dois pedaços de pizza se separando.

E quando se abarroam, juntando-se novamente? Quando os continentes se juntam de novo num só grande continente é um encontrão colossal que deformam as velhas rochas.

"Essa diferença deformacional e metamórfica impressa nessas rochas está relacionada com o esforço compressional sofrido por elas, relacionado ao Ciclo Brasiliano. Esse esforço compressivo, que se propagou de oeste para leste, deu origem ao conjunto de dobras e falhas de empurrão que aparece nas rochas".

Como disse o poeta: nada do que foi será.


tags:

publicado por joseadal às 00:15
mais sobre mim
Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
19
23

24
26
27
29
30


pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO