Sexta-feira, 28 de Outubro de 2011

No início do século 13, quando Portugal começava a se formar como nação, quem vivia na Europa ouviu falar do "flagelo de Deus", Gengis-Kan, o profetisado anti-cristo.  

O livro de arqueologia As Civilizações da Estepe conta: "Os guerreiros mongóis aperfeiçoaram os métodos de extermínio e terror assombrando o mundo antigo e paralisando de medo os povos atacados. Todo inimigo capturado era exterminado a golpes de machado. Os poupados não tem destino mais invejável, servirão de escudos vivos durante os cercos. Os parlamentares que negociavam a rendição de uma cidade eram surrados até a morte".

Os mongóis não vinham da estepe siberiana só para vencer e saquear, não, eles matavam a população e arruinavam a cidade: "A capital do Kuahresm, um belo oásis pacientemente cultivado e com pomares irrigados teve suas muralhas derrubadas, os diques e canais arrasados, os artesãos deportados e todo resto da população masculina sistematicamente massacrada".

Um documento com o sinete do grande Kan explica que os ferozes guerreiros nômades e hábeis cavaleiros eram movidos por uma convicção: a verdadeira vida, a que  Deus determinou para os humanos, era aquela que eles levavam: livre, sem casas ou cidades ou construções que modificavam a natureza: "O céu cansou-se da arrogância e do luxo da China e dos turcos. Eu, Gengis, permaneço na região selvagem do norte onde o homem encontra condições que impedem o nascimento da cobiça e dos maus desejos. Eu prefiro a simplicidade, condeno o esbanjamento e insisto na moderação. Por isto recebi o apoio do Céu e obtive a dignidade suprema". todo ódio dos guerreiros mongóis era também "pelo modo de vida sedentário dos povos urbanos e dolentes".

Hoje, quando tantos estudiosos atentos dizem que precisamos simplificar nosso modo de viver pois a humanidade está mexendo demais com a natureza, ler sobre a fúria dos nômades mongóis contra um estilo de vida com muito desperdício ganha outra compreensão.     



publicado por joseadal às 01:39
mais sobre mim
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11

16
18
20
21

23
24
25

30


pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO