Sábado, 26 de Maio de 2012

Não seja tão intransigente, o que você acha certo agora amanhã entenderá como um disparate.
Esta é a base da filosofia: o pensamento humano é essencialmente mutante. O professor diz:

"Para Kant e Hegel o Estado não é apenas a superação da sociedade
civil, mas uma consequência, um produto dela. Para Marx a sociedade
civil e a estrutura econômica são a mesma coisa e o Estado é um resultado da sociedade civil

e não uma esfera independente e com racionalidade própria".

[soberana ele reina em Fazenda da Grama, Piraí, RJ]

Bem, esta ainda é a maneira de pensar da maioria. Nós, a sociedade civil, somos os responsáveis pelo Estado que temos.

O capitalismo é o que nos mantêm assim, satisfeitos, com tantas indispensáveis.   

- Zé, não sei não, mas tenho a impressão que esse Estado que aí está não tem nada com a gente e

pensando bem, o capitalismo é uma furada, irmão.

Hoje, filósofos como Antonio Gransci pensam diferente daqueles pensadores:

"A considerada nova teoria gramsciana diz que há uma relação conflituosa entre a
sociedade política e a sociedade civil, e a luta de classes têm como terreno
decisivo a hegemonia desta, na medida em que visa à obtenção
da direção político-ideológica. Neste caso o centro da luta de classe está na 'guerra de posição',

numa conquista progressiva de espaços no seio e por meio da sociedade civil,
visando à conquista de posições. Dai aduz que esta é a condição para o
acesso ao poder de Estado e para sua conservação. Não há
lugar para a espera messiânica do 'grande dia', mas sim uma
transformação da classe dominada em classe dirigente antes da tomada de poder,
como estratégia para a transição ao socialismo".

Este pensamento atual criou entre outras coisas o princípio de "guerra cirúrgica" com o qual
os militares tentam matar soldados sem atingir os civis, ao contrário da guerra
antiga, ainda praticada pelos terroristas, de atingir o Estado ferindo o povo.  

Vê a mudança? O povo não é mais responsável pelas decisões tomadas pelo Estado a nossa revelia,

nem pelos desmandos da classe política que nos espolia. Não podemos deixar a TV nos ensinar como é melhor viver.

Temos que acomapnhar o pensamento de agora: "a conquista progressiva de espaços". 



publicado por joseadal às 01:15
mais sobre mim
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25

27
29
30
31


pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO