Quarta-feira, 07 de Novembro de 2012

“Não se achará no meio de ti nem feiticeiro, nem encantador”, decretou Deus por seu anjo a Moisés e ele escreveu no Pentateuco (Deuteronômio 18:10).

Estou lendo o livro Aruanda e nele encontrei a razão de ter sido proibido o feitiço ou ebó.

“Aquilo que se denomina magia ou feitiçaria hoje inclui também muitas invenções da ciência, como as manipulações químicas usadas nos abortos e as armas letais que destroem milhares de vida. As oferendas chamadas "despacho" funcionam como condensadores de energia de baixíssima vibração. O feiticeiro ou mago usa uma fotografia, um objeto de uso pessoal ou apenas a concentração mental em uma pessoas indicando às entidades malfeitoras do astral a vítima em quem deve ser descarregada a força negativa. Quando a pessoa a quem o encanto se destina seestá em situação mental aflitiva ou deprimida, um campo propício, é o bastante para receber o magnetismo prejudicial. Começa, então, uma  enfermidade que os médicos não conseguem curar ou são materializados corpos estranhos que as defesas do organismo do perseguido não conseguem eliminar”.

(esses chapeus de sapo são naturais, e desabrocham no alto da serra do Caparaó)

Não é atoa que o Criador, supremo poder no plano imaterial, proíbe o uso de forças astrais para afligir a nós humanos. Já chega todas as mazelas que nos atacam aqui mesmo no plano material.  


tags:

publicado por joseadal às 00:54
Ola Amigo Jose Adal,
gosto muito de ler seus
artigos,muito interessantes,
sempre tem uma mensagem
bacana,continue escrevendo sempre.
ABS!!!
Fabiano a 7 de Novembro de 2012 às 01:29

mais sobre mim
Novembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
14
15
17

19
20
22
24

25
26
27
30


pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO