Quarta-feira, 02 de Março de 2011

Os paleontólogos, estudiosos dos fósseis humanos, ossos e corpos petrificados, e dos costumes antigos se dividem sobre como era a forma de comando entre os grupos humanos do início do Paleolítico, há 50 mil anos. Seria matriarcal ou patriarcal? Imagens de mulheres indicam que veneravam uma Grande Mãe. Naquele tempo o homem não se considerava pai dos filhos, mas ajudava a criar os filhos de sua companheira. Como assim? Leia este trecho do livro A Casa do Mamut, está em espanhol, mas não é difícil compreender.

"¡Espíritus! ¿Son realmente los espíritus los que hacen a los bebés? ¿Es cierto qu e el tótem de un hombre se impone al de la mujer, haciendo crecer una criatura en su seno, como piensa el Clan? ¿O es acaso la Gran Madre quien elige y combina los espíritus de un hombre y una mujer, poniéndolos dentro de ella, como piensan Jondalar y este otro pueblo? ¿Por qué sólo yo pienso que es el hombre y no un espíritu el que inicia el crecimiento del bebé en el interior de la mujer? El hombre, que la hace con su órgano... con su virilidad, como la llama Jondalar. ¿Por qué, si no, se unen hombres y mujeres como la hacen?"

 

É um romance bonito e muiito instruivo para quem quer conhecer a origem dos homens e mulheres. A heroina é Ayla, agora [neste 3º livro] com 17 anos, mas muito sensível e observadora, sempre fazendo indagações. Nesta reflexão ela compara o entendimento sobre a concepção entre os neandertais: se o tótem, ou anjo da guarda, de um homem vencia o de uma mulher ela começava a gerar um filho, nem precisavam se tocar; e os homo sapiens da época que entendiam ser a Grande Mãe quem escolhia misturar os 'espíritos' de um homem com uma mulher, sem precisar se tocar. [Cá entre nós, não lembra um pouco a explicação de como aconteceu a concepção da virgem Maria de Nazaré?] A coabitação entre homem e mulher era uma necessidade, como comer e beber, e eles não a relacionavam com a concepção. Leia esta conversa entre ela e seu companheiro.

     "Jondalar frunció el ceño.

     -Tú piensas que los hombres tienen algo que ver con el principio de la vida, pero, ¿cómo es posible que una cabeza chata conociera a uno de los Otros?

     -No lo sé. Las mujeres del Clan no viajan solas y se mantienen lejos de los Otros. Los hombres no quieren a los Otros cerca de sus mujeres. Piensan que los bebés empiezan por el espíritu totémico de un hombre y no quieren que el espíritu de un hombre de los Otros se acerque demasiado. Y las mujeres les tienen miedo. Siempre se cuentan historias nuevas, en las reuniones del Clan, acerca de personas que han sido perseguidas o heridas por los Otros, sobre todo las mujeres".

Ela fala de maus sujeitos humanos - sempre os houve - que estrupavam fêmeas neandertais.

Mas mesmo a ciência tendo entendido a concepção, permitindo a um especialista interferir de muitos modos, ela continua sendo um milagre. A vida é um milagre!



publicado por joseadal às 09:42
mais sobre mim
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10

13
14
18
19

20
21
23
25
26

28
30


pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO