Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2013

Os cristãos rezam, pelo menos uma vez por dia, o Pai Nosso que termina a com esse pedido: Mas livrai-nos do Mal, Amém. O livro Curso de Apometria me deu uma noção tremenda sobre o Mal que pedimos a Deus, que tudo vê e sabe, para nos livrar. Primeiro uma definição:

"A obsessão é a ação persistente que um espírito mau exerce sobre um indivíduo. Apresenta caracteres muito diversos, desde a simples influência moral, sem perceptíveis sinais exteriores, até a perturbação completa do organismo e das faculdades mentais. (Allan Kardec)”

Depois, a exposição da causa: “A maioria dos casos é de desencarnados atuando sobre mortais. A etiologia das obsessões, todavia, é tão complexa quanto profunda, vinculando-se às dolorosas consequências de desvios morais em que encarnado e desencarnado trilharam caminhos da criminalidade franca ou dissimulada; ambos, portanto, devendo contas mais ou menos pesadas, por transgressões à grande Lei da Harmonia Cósmica. Passam a se encontrar, por isso, na condição de obsedado e obsessor, desarmonizados, antagônicos, sofrendo mutuamente os campos vibratórios adversos que eles próprios criaram”. (essa bela foto é para mostrar que também há coisas lindas neste mundo, e foi tirada numa fazenda perto de Conservatória, RJ)

Agora, as formas que toma o Mal:

“Trata-se de obsessão a ação perturbadora em que o espírito agente não deseja deliberadamente, prejudicar o ser visado. É consequência da ação egoísta de uma criatura que faz de outra o objeto dos seus cuidados e a deseja ardentemente para si própria como propriedade sua e impede-a de se relacionar saudável e normalmente com seus semelhantes”.

“Por simbiose entende-se a duradoura associação às vezes necessária e com benefícios recíprocos. A simbiose espiritual obedece ao mesmo princípio. Embora nem suspeitem, tais ‘associados’ são espíritos inferiores que se juntam aos homens para parasitá-los”.

“Cada indivíduo sempre tem condições de viver por suas próprias forças. Não há compulsão natural à sucção de energias alheias, ser um parasita. É a viciação que faz com que muitos humanos, habituados durante muito tempo a viver da exploração, exacerbem esta condição anômala, quando desencarnados”.

“A diferença do vampirismo está na intensidade da ação nefasta, determinada pela crueldade com que é praticada. Tem, portanto, a intenção de matar. 'Vampiro é toda entidade ociosa que se vale, indevidamente, das possibilidades alheias a qualquer hora, desde que encontrem guarida no estojo de carne dos homens'. (Missionários da Luz)”

“É comum obsessores colocarem objetos envenenados no mundo astral, mas com pronta repercussão no corpo físico. Em geral os portadores de tais aparelhos são obsedados de longa data. A finalidade desses engenhos é causar paralisias progressivas, atrofias, hemiplegias, síndromes dolorosas, etc. O objetivo sempre é fazer o paciente sofrer”.

Arquepadia é a síndrome psicopatológica que resulta de magia originada em passado remoto, mas atuando ainda no presente. Frequentemente os enfermos apresentam quadros mórbidos estranhos, subjetivos, sem causa médica conhecida e sem lesão somática evidente. São levados na conta de neuróticos incuráveis”.

“Em todas as civilizações, e desde a mais remota antiguidade, a magia esteve presente. Começou provavelmente, com o homem das cavernas com seus rituais propiciatórios para atrair animais com que se alimentavam, eram rituais mágicos. A magia negra é a utilização das forças da Natureza, que não são boas, nem ruins. Seres humanos, no agir errado, é que utilizaram maldosamente essas energias. Tornaram-se magos negros distanciados da Lei do Criador, deixando o orgulho e a vaidade assumir espaço em seus corações e aprendendo a ganhar poder sobre os companheiros e assim sugar as suas energias”.

Como disse o poeta Vinícius de Moraes: são demais os perigos dessa vida. Então, vigiando e orando é preciso insistir: Livrai-nos do Mal. Amém.



publicado por joseadal às 01:04
mais sobre mim
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

13
15
16
17
19

20
21
22
25

27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO