Domingo, 02 de Junho de 2013

Parodiando Raul: ‘Dois ciclistas pedalando juntos e conversando pode ser muito arriscaaado!’

Mas por quê? Por que geralmente eles não têm ‘aquela velha opinião formada sobre tudo’.

Assim aconteceu no Rio, na sombreada estrada dentro da floresta da Tijuca. O colega Daniel Lessa, me disse:

“Esqueci que gostava de ler e passei dez anos só lendo jornal”.

Olhando as palmeiras de palmito Juçara, os pés de mil plantas servindo de apoio para cipós em meio às samambaias gigantes descendo serra a baixo na penumbra, pensei: Um homem que lia abandona a leitura por tantos motivos e, de repente, desperta e volta a ler. Ora, por isso é que Deus é misericordioso, pois o tempo, infinito para Ele, dá sempre novas chances aos humanos.

Ele disse, e me assustei, que sua mente precisou ser reprograma.

Isso me recordou Rauzito:

“Eu quero saber o que você estava pensando

Eu avalio o preço me baseando no nível mental

Que você anda por aí usando

E aí eu lhe digo o preço que sua cabeça agora está custando”.

Então, algumas cabeças valem muito pouco, enquanto outras são valiosíssimas.

Assim, quase ao chegarmos a Vista Chinesa, ele, descendo da bike, me alarmou, citando o Maluco Beleza:

“O prato mais caro do melhor banquete é

O que se come cabeça de gente que pensa

e os canibais de cabeça descobrem aqueles que pensam”.

Não seria, então, melhor ficar sem ler e sem pensar? Raul avisou:

“Cuidado brother, cuidado sábio senhor É um conselho sério prá vocês Eu morri e nem sei mesmo qual foi aquele mês Metrô linha 743!”

Mas não acredite em tudo que Rauzito dizia, vendo a vista linda do Rio não posso falar revoltado como o roqueiro:

“Quem será este desgraçado dono desta zorra toda?”



publicado por joseadal às 18:16
mais sobre mim
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
15

16
17
19
20
21

23
24
25
28
29

30


pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO