Domingo, 11 de Agosto de 2013

Numa página, lá está um tema pra pensar. Noutra, logo à frente, mais uma ideia para voltear na cabeça. Assim é um bom livro, assim é no Kairós, do padre Marcelo Rossi. Nele aprendemos que há dois tempos: Cronos, o tempo dos homens, e Kairós, o tempo de Deus. Ontem, lemos neste mesmo livro a experiência de uma mulher chamada Ana que mostra que há momentos em que os dois tempo se cruzam. Isso aconteceu mil anos a.C, mas é uma lição para nós nesse século 21. Ela não teve filho e isto a deixava amargurada. Vivia chorando e não conseguia comer. Seu marido a consolava (1 Samuel 1:8) : “Então Elcana, seu marido, lhe disse: Ana, por que choras? E por que não comes? E por que está mal o teu coração? Não te sou eu melhor do que dez filhos?”

- Ela não rezava?

Sim, vivia orando e pedindo a Deus por um filho. Mas o Céu não lhe respondia. Todos os anos a família subia para a festa da Páscoa, em Siló, e novamente lá estava Ana prostrada rezando (1 Samuel 1:10-11).

 “Ela, pois, com amargura de alma, orou ao Senhor, e chorou abundantemente. E fez um voto, dizendo: Senhor dos Exércitos! Se benignamente atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva não te esqueceres, mas à tua serva deres um filho homem, ao Senhor o darei por todos os dias da sua vida”. E desta vez ela foi atendida e nasceu Samuel, o grande juiz de Israel.

- Terá sido por essa barganha que ela fez com o Criador o motivo de ter sido atendida?

Parece mais que a vontade dela coincidiu, finalmente, com o plano divino. Os dois tempos se encontraram por um instante. É como se, ali, naquele exato momento, um portal se abrisse entre o mundo dos homens e o de Deus.

O livro Inteligência Emocional lembra que para Ronaldinho Gaúcho ter pegado aquela bola com um zagueiro em cima, ter dado um voleio e fulminado a bola no fundo da rede, ele precisou treinar todos os dias. Em quantas partidas sua atuação foi medíocre?! Mas ele estava pronto para o momento, o instante em que o portal se abre e o homem faz uma jogada, ou uma ação, que foi “ligada no Céu”, como Jesus disse que acontece.

Se você não se importa com Galvão Bueno narrando, reveja este momento mágico.

http://www.youtube.com/watch?v=OhFQj-7PDDY&feature=player_embedded#at=67 



publicado por joseadal às 23:13
mais sobre mim
Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
14
17

18
19
20
22
23
24

25
26
28
31


pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO