Domingo, 26 de Janeiro de 2014

Para se compreender o presente é essencial ver o começo, o passado, o que se deu.

É o caso do Maranhão. No site Fora Corruptos, diz: “José Ribamar Sarney de Araújo Costa é o nome deste corrupto. José Sarney nasceu em 1930, na cidade de Pinheiros, estado do Maranhão. A relação de Sarney e sua família com a corrupção é simbiótica. Depois de muitos anos de desmando a família Sarney prejudicou de forma imensurável o estado do Maranhão. José Sarney tem uma história realmente muito grande de podridão. Por este motivo, fica difícil saber exatamente por onde começar”.

Então, vamos começar do início, no século XVII, um século depois do domínio português das terras do Brasil. No livro Os Ciganos do Brasil, li (p. 59): “Relembramos o decreto de 1686 relativo ao degredo do ciganos de Portugal: ‘Os que andam vagabundeando em quadrilhas pelo Reino, fareis executar esta Lei na forma que ela contém: que sejam mandados para o Maranhão”.

- Zé, então foi uma ciganada exatamente para o Maranhão?

Era o ponto de além-mar mais próximo, e para lá foram dezenas de ciganos com suas famílias. Em pouco tempo a terra dos Sarneys era um antro de roubalheira. Um alvará de 1760, diz: “Eu, El Rei, faço saber por esta Lei que me sendo presente que os Ciganos, que deste Reino tem sido degredados para este Estado do Brasil, vivem prejudicando costumes com total infração das minhas Leis, causando intolerável incômodo aos moradores, comentendo continuados furtos de cavalos e escravos e que andam sempre em grupos carregando armas de fogo pelas estradas e praticando declarada violência; e considerando assim que é para socego público e como correção dessa gente inútil e mal educada, se faz preciso obriga-los a tomar vida civil: que se lhes assente praça de soldado”.

E foi deste modo que um cigano fora da lei, violento e ladrão tomou nome respeitável e como soldado continuou agindo do mesmo modo, só que agora sob o abrigo da Lei. E seus descendentes se tornaram a família famigerada que vai roer o Maranhão até o fim fazendo-o mais atrasado que o país mais pobre d’África.    



publicado por joseadal às 22:30
mais sobre mim
Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
15
16
17
18

19
20
21
22
24
25

27
28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
tags

todas as tags

blogs SAPO